Promoção

A Escada da Salvação

A ESCADA DA SALVAÇÃO

II Ped. 1:1-21

A vida na sua menor forma é de constante progresso assim na vida cristã.

I. Crer em Cristo e no Seu poder – Fé.

João 3:16 Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

1. Não é fé superficial.

Tia. 2:19 Crês, tu, que Deus é um só? Fazes bem. Até os demônios crêem e tremem.

2. É fé substancial.

I João 4:2 Nisto reconheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;

3  e todo espírito que não confessa a Jesus não procede de Deus; pelo contrário, este é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que vem e, presentemente, já está no mundo.

a) Exige crer na Sua divindade.

Col. 2:9 porquanto, nele, habita, corporalmente, toda a plenitude da Divindade.

b) Crendo na divindade, crer no poder.

I Ped. 5:7 lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

3. É ter a mesma confiança de uma criança.

Marcos 10:13 Então, lhe trouxeram algumas crianças para que as tocasse, mas os discípulos os repreendiam.

14  Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus.

15  Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.

II. Confessar e abandonar os pecados: Arrependimento e decisão:

1. A Jesus devemos confessar.

I João 1:8,9 Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós.

9  Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.

2. Devem ser confessados e abandonados..

Prov. 28:13O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.

3. Sigamos o exemplo do filho pródigo.

Lucas 15:18  Levantar-me-ei, e irei ter com o meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti;

III. Olhar para Jesus – Adquirir Sua Semelhança.

1. Não devemos nunca olhar aos homens (para dar desculpas pelos nossos erros).

a) É um grande perigo. – Ex. : Pedro sobre as ondas.

Mateus 14:25  Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar.

26  E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram.

27  Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais!

28  Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas.

29  E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus.

30  Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor!

31  E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste?

3. Só a Jesus devemos olhar.

Heb. 12:1,2 Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta,

2  olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.

3. Ele refletirá em nós a Sua imagem.

a) Olhando a alguém, aparecem em nossos olhos a imagem.

b) Olhando para Jesus, refletiremos a imagem de Jesus.

II Cor. 3:18 E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito.

I João 3:2 Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é.

IV. Obediência – Prova do Discipulado.

1. A Obediência é necessária em tudo.

2. Para Deus é a coisa mais agradável.

I Sam. 15:22 Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros.

2. A obediência nos causa felicidade completa.

4. Por causa da desobediência é que tanto sofremos.

V. Perseverança até alcançar o alvo – Prova de recompensa.

1. Perseverança, implica orar e vigiar.

Marcos 14:38  Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.

2. Paciência nas lutas.

Filip. 3:13,14 13  Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão,

14  prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.

Heb. 12:1,2 Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta,

2  olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.

Conclusão:

Apelo para conversão

Apelo para compromisso de propósitos.