Sermão: A CORRIDA CRISTÃ – HB 12:1-3 (Aniversário)

A CORRIDA CRISTÃ – HB 12:1-3

I – INSPIRAÇÃO (v.1)

Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande  nuvem de testemunhas….” = “corredores” do passado

1)    Hb 11

2)      Enoque – v.5,

3)      Noé – v. 7,

4)      Abraão – v.8,

5)      José – v. 22,

6)      Moisés – v. 24)

2) Atletas da Igreja Batista Ebnézer: Geneci e os outros

A.: aniversário é tempo de compreender que a melhor maneira de construir o presente é valorizando o passado (corrida de bastão)

Pv 22:28 Não removas os marcos antigos que puseram teus pais.

II – QUALIFICAÇÃO (v. 1)

Desembaraçando-nos de todo o peso e do pecado que tenazmente nos assedia…” = embaraços

1) Lícitos =“Peso” – lícito mas não convém

I Co 10:23 Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm; todas são lícitas, mas nem todas edificam.

Projeto acadêmico…

2) Ilícitos =“Pecado”

A corrida cristã é uma corrida contra o pecado:

largada (livre da condenação do pecado),

percurso (livre do poder do pecado),

chegada (livre da presença do pecado)

A.: aniversário é tempo de chorar pelos pecados que nos embaraçam – superficialidade devocional, a morte da paixão evangelística, descaso com o discipulado, a frouxidão ética

III – INTEGRAÇÃO    (v. 1)

“…corramos.…”

1) Não é uma corrida solitária, é solidária –

Fp 1:27Vivei, acima de tudo, por modo digno do evangelho de Cristo, para que, ou indo ver-vos ou estando ausente, ouça, no tocante a vós outros, que estais firmes em um só espírito, como uma só alma, lutando juntos pela fé evangélica;

2) Não é uma corrida independente, é interdependente –

I Co 12:21 Não podem os olhos dizer à mão: Não precisamos de ti; nem ainda a cabeça, aos pés: Não preciso de vós.

A.: aniversário é tempo de reafirmar que nós somos um time formado por Jesus que só experimentará a vitória se fizer da unidade um valor diário inegociável….

IV – DETERMINAÇÃO (v. 1)

“… com perseverança…”

1. Ronaldo (2002) – “diga para o povo que o guerreiro está ferido, mas não está morto”; não estamos no mundo como turistas, mas como atletas da melhor e maior de todas as seleções, verdadeiros guerreiros na qual a palavra de ordem é determinação, disciplina, garra, foco, objetivo, sonho = perseverança!

A.: aniversário é tempo de ligar o sinal de alerta para perguntar – “Não tenho desistido mais do que conquistado”?

V – ESPECIFICAÇÃO (v. 1)

“… a carreira que nos está proposta…”

1. Plano pessoal: “pessoas certas, nos lugares certos, pelas razões certas”

I Pd 4:10 Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus.

2. Plano comunitário: uma igreja que cumpre os propósitos básicos (CADES) com identidade própria…. (nos últimos 30 anos sempre houve uma igreja evangélica da onda e sempre houve um número enorme de igrejas seguindo esta igreja da onda; só que a onda passa e as igrejas que a seguiam acabam entrando num caminho de crise pela falta de identidade…)

A.: aniversário é tempo de discernir, afirmar, aperfeiçoar a identidade conferida por Deus (“o jeito universitariano de ser”)

VI – CENTRALIZAÇÃO (v. 2-3)

Olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus; considerai, pois, atentamente,aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma”

1)A carreira cristã é a corrida da fé em JESUS:

ELE é o autor e consumador da fé: ELE nos colocou na igreja, nos mantém na igreja, nos aperfeiçoa na igreja, nos usa na igreja e, por fim, nos levará para onde está = para perto do seu trono = sairemos, assim, da sua igreja militante para a sua igreja triunfante.

CONCLUSÃO (v. 3)

Considerai, pois, atentamente,aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma”

“A igreja é uma grande e velha nave. Ela range, balança, rola, e às vezes faz com que a gente queira vomitar. Mas ele chega ao seu destino. Sempre chegou, sempre chegará, até o fim dos tempos. Com ou sem você” (Philip Yance – Igreja, porque me importar?)

Que a IBE chegue com você:

1) Valorizando sempre quem já vestiu esta camisa (inspiração)

2) Honrando esta camisa empenhando-se em ser o melhor atleta que você pode ser (qualificação)

3) Fazendo o maior de todos os esforços para manter a unidade do time (integração)

4) Mantendo-se firme na luta mesmo quando o campeonato pode parecer perdido (determinação)

5) Assumindo sua posição com alegria (especificação)

6) Reafirmando sua aliança diária com o técnico dos técnicos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>