Sermão: Influência da Mãe. “Dia das Mães”

Influência da Mãe

Texto: Provérbios 15:22

Intro: Influência é segundo o Aurélio: “Ação que uma pessoa ou coisa exerce sobre outra”
O sentimentalismo, o modismo, o consumismo, pode nos fazer pensar que todas as mães têm boa influência sobre seus filhos, mas a realidade pode ser outra bem diferente.
De fato existem mães que influenciam beneficamente seus filhos, porém, existem mães que exercem uma influência negativa sobre seus filhos, hoje iremos ver alguns exemplos bíblicos de mulheres que exerceram influência sobre seus filhos.
Neste dia das mães, como admoestação e alerta quero destacar algumas mães que exerceram uma influência negativa sobre seus filhos, para que tanto as mulheres que já são mães como as futuras, façam neste dia um voto diante do Senhor a fim de exercerem sobre seus filhos uma influência de tal modo que eles sejam grandes servos ou servas do Senhor.

Tema: Toda mãe vai exercer sobre seu filho uma boa ou má influência.

Sent. Trans: Vejamos algumas mães e a de influência tiveram na vida de seus filhos.

O primeiro exemplo de mãe que estudaremos será…

1. ATALIA (II Cro 22:3)

a. Acazias era filho de Jeorão rei de Judá, com a morte de seu pai ele começou a reinar em Israel, aos 22 anos de idade.

b. Reinou conforme seu pai havia reinado, e fez o que era mal aos olhos do Senhor.

I. Acazias tinha o mau exemplo de seu pai.

(1) Talvez você tenha tido um mau exemplo do seu pai, e eu sei que isto não é bom, porém eu digo que: Os filhos não precisam seguir os passos errados de seus pais. Deus não vai aceitar a desculpa de que você fez coisas erradas na vida porque seu pai as fazia. A Bíblia diz que cada um dará contas de si mesmo a Deus.

(2) Diz também nosso texto que Acazias andou nos caminhos do reino vizinho, do reino de Acabe que reinava em Israel, porém eu também digo: Você não precisa seguir maus exemplos dos vizinhos, dos parentes, nem dos políticos, do governo etc.

II. Acazias não apenas tinha os maus exemplos do pai, como maus exemplos do reino vizinho, que por sua vez eram meio aparentados, o pior de tudo é que nós lemos aqui no texto que ele teve influência ainda pior.

III. Acazias teve sua mãe como conselheira, e ela dava conselhos para que ele andasse nos caminhos da impiedade, ela o aconselhava para que ele andasse longe dos caminhos do Senhor para sua própria perdição.

(1) que mãe iria querer o pior para seu filho? Alguém poderia perguntar! Essa quis!

(2) aconselhou seu filho a andar longe de Deus.

(3) quantas mães estão fazendo o mesmo hoje, neste mesmo momento?
(a) esta coisa de religião é bobagem!
(b) aproveite sua vida meu filho, enquanto você é jovem.
(c) não seja fanático religioso!
(d) missionário? Nem pensar, você vai estudar para ser alguém na vida!

Trans. Outro exemplo de influência negativo encontra na pessoa de…

2. REBECA (Gen. 27:5-9)

a. Jacó não era o primogênito, não tinha o direito da bênção, e sim seu irmão Esaú, porém, sua mãe deu um jeitinho, deu conselhos e orientou seu filho.

I. Ouviu que Isaque iria abençoar a Esaú.

II. Idealizou um plano para roubar a bênção do outro filho, para seu filho preferido.

III. Aconselhou seu filho para enganar o próprio pai (Gen. 27:9-13)

IV. Ensinou ao filho como mentir, e enganar.

(1) Talvez alguém pergunte: Que mãe iria ensinar seu filho a mentir, a enganar, a roubar aquilo que não lhe pertence? Essa quis!

(2) Quantas mães até mesmo sem pensar, estão aconselhando seus filhos neste momento, a mentir para conseguir melhores resultados em sua vida material, quantas mães estão neste momento ensinando a seus filhos que eles devem enganar outras pessoas para conseguir algo sem precisar se esforçar ou merecer, quantas mães estão ensinando seus filhos a colar na prova para poder passar de ano, quantas mães estão ensinando seus filhos a roubar aquilo que não lhe pertence.

Trans. O terceiro exemplo de influência negativa encontramos na pessoa de…

3. HERODIAS (Mat. 14:6-8)

a. Orientada por sua mãe a jovem atraente usou seu corpo, usou sua sensualidade dançando para o rei, para conseguir satisfazer os caprichos da mãe.

b. Após conseguir agradar o coração do rei, mais uma vez orientada por sua mãe a jovem pediu ao rei que matasse o profeta de Deus.

I. Talvez alguém pergunte: Que mãe iria pedir que sua filha usasse seu corpo para conseguir algo em seu benefício? Essa quis!

II. Quantas mães até neste mesmo momento estão orientando suas filhas a usar o corpo para conseguir um bom casamento (financeiramente falando).

III. Quantas mães estão incentivando seus filhos a usarem seus corpos para conseguir fama, sucesso etc.

IV. Quantas mães levam suas filhas para comprar roupas que colocam seus corpos em evidência, e quando questionadas respondem: o que é que tem isso!

V. Quantas mães por meio do que assistem na televisão, ensinam para seus filhos um padrão baixo e imoral!

4. CONCLUSÃO

a. Três mães, que deram a seus filhos os piores conselhos que alguém poderia receber:

I. Uma aconselhou seu filho a andar longe dos caminhos do Senhor.

II. Outra aconselhou seu filho a roubar, enganar e mentir.

III. A outra aconselhou sua filha a usar o corpo para conseguir benefícios.

b. Talvez você diga: Este não é o meu caso! AMEM dou graças a Deus por isso, espero que nenhuma mãe que está ouvindo este sermão, esteja conduzindo seus filhos a práticas que desagradam a Deus.

c. Eu digo ser mãe é influenciar vidas. Pergunto então:

I. Você tem influenciado seus filhos ao contrário do que estas mães fizeram?

(1) tem influenciado seus filhos a andarem cada dia mais próximos dos caminhos do Senhor?

(2) tem influenciado seus filhos a não roubar, a não enganarem a não mentirem, outras pessoas.

(3) tem influenciado seus filhos a serem castos, puros, não exporem seus corpos.

II. Medite então na vida de EUNICE (II Timóteo 1:5). Ele foi uma mulher de fé, que influenciou seu filho a ser um grande pregador da Palavra do Senhor. E decida ser você uma mãe que será conhecida por ter sido a maior influência na vida de seus filhos.

III. Que Deus abençoe as mães, nesta tarefa tão sublime, atribuída por Ele mesmo a cada uma de vocês!