Sermão: Para o Ano Novo

Texto: Salmo 19.7a

Amados irmãos em Cristo e caros visitantes

Daqui a algumas horas, estaremos entrando num ano novo e desejaremos uns para os outros um ano novo repleto de alegria, paz, felicidade e bênçãos. Certamente cada um tem seus sonhos, planos e desejos para realizar em 2010! E qual é a receita para ter um ano novo feliz e abençoado? Segundo o padrão do mundo é: “Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender!”. Mas será que é isso apenas que vai trazer verdadeira felicidade? Qual a receita divina? Que caminho devemos seguir para encontrar paz e felicidade em 2010? O caminho e a receita para um ano novo feliz e abençoado é a submissão aos princípios da palavra de Deus, é obedecer à lei do Senhor, é deixar que a palavra de Deus domine os nossos pensamentos, guie os nossos passos e seja uma luz para os nossos caminhos, planos e decisões em 2010 (Sl. 119.105).

Afinal de contas, diz a Bíblia que somente os que andam na lei do SENHOR são bem aventurados (Sl. 119.1,2; Sl. 19.11b). Essa bem aventurança e felicidade que é fruto da nossa obediência à palavra de Deus não se limitam a coisas materiais como dinheiro e boa saúde, nem significa ausência de sofrimento. Mas significa estar em paz com Deus, ter comunhão com o Senhor e com o seu povo, saber que Deus cuida de nós a cada ano e que ele está nos conduzindo em triunfo para a vida eterna.

Davi foi um homem feliz e abençoado por Deus. Deus o abençoou ricamente tanto no sentido material quanto espiritual. Deus o tirou do campo e do cuidado das ovelhas e fez dele o maior rei de Israel no AT. Deus lhe deu muitas riquezas e vitórias e a graça de morrer em ditosa velhice. Mas Davi não era um homem perfeito e a própria Bíblia não esconde seus pecados. No entanto, a Bíblia também nos mostra que uma qualidade linda em Davi é que ele era um homem que tinha o santo prazer de viver na presença de Deus por meio da oração e da meditação na sua palavra. Os salmos testificam da piedade de Davi, do seu amor por Deus, da sua tristeza e do seu arrependimento pelos seus pecados, da sua vida de oração constante e do seu apego à palavra de Deus! Quanto à palavra de Deus, ele chegou a dizer ao Senhor: “Quanto amo a tua lei! É a minha meditação todo dia”! (Sl. 119.97). Davi conhecia e amava a lei de Deus. A palavra do Senhor transformou a sua vida. A palavra de Deus se cumpriu na sua vida. A lei do Senhor era o seu prazer, o seu alimento, o padrão que dominava sua vida e guiava seus planos e decisões! Por isso Davi foi um homem que, apesar de suas fraquezas e aflições, viveu cada ano de sua vida debaixo da benção de Deus.

O Salmo 19 foi escrito por Davi. Aqui neste salmo, Davi louva a Deus por sua revelação a humanidade por meio da criação (vss. 1-6) e por meio da sua palavra (7-9). Ele também expressa o seu prazer na lei do Senhor (v.10) e o seu desejo de ser admoestado pela palavra do Senhor para se tornar irrepreensível (vss. 11-14). Notem irmãos que Davi, inspirado pelo Espírito Santo, nos dá um belo testemunho da perfeição e suficiência da palavra de Deus para guiar nossas vidas (vss.7-9). É claro que Davi naquele momento estava se referindo aos cinco livros de Moisés que era a palavra de Deus completa que ele tinha na época. Hoje nós temos mais do que Davi. Temos o Antigo e o Novo Testamentos completos e suficientes como nossa única regra de fé e prática. E o que Davi falou da lei de Deus na sua época, ainda mais pode ser afirmado por nós hoje quanto a Toda Escritura que foi inspirada por Deus, preservada e entregue em nossas mãos.

Meus irmãos! Notem que Davi fala três coisas acerca da palavra de Deus aqui no Salmo 19.7-9. Em primeiro lugar, ele nos dá uma descrição da palavra de Deus como sendo: A lei e o testemunho do SENHOR (v.7), os preceitos e o mandamento do SENHOR (v.8), o temor e os juízos do SENHOR (v.9). Em segundo lugar, Davi, nos apresenta algumas das qualidades da palavra de Deus: perfeita e fiel (v.7), reta e pura (v.8), límpida, eterna, verdadeira e justa (v.9). E por fim, Davi aponta para os benefícios que a Palavra de Deus produz na vida do crente: restaura a alma e dá sabedoria aos símplices (v.7), alegra o coração e ilumina os olhos (v.8). Neste sermão vamos atentar apenas para o ensino acerca da suficiência da palavra de Deus com base na parte (a) do verso 7 onde Davi afirma: “A Lei do SENHOR é perfeita e restaura a alma”.

Notem, irmãos, que a palavra de Deus é perfeita e restaura alma. Davi define a palavra de Deus como a lei do SENHOR. A palavra lei (no hebraico “Torah”) literalmente significa instrução, ensino. A Bíblia, portanto, é um livro didático, escrito por Deus para nos ensinar acerca do caminho da salvação que é Cristo somente e para nos instruir também acerca do que devemos crer e fazer para agradar a Deus. A Bíblia é o livro de instrução do SENHOR para o seu povo.

Notem irmãos a palavra “SENHOR” em letras maiúsculas. Ela aponta para o Deus da aliança que ama e salva o seu povo e que deseja receber da parte do seu povo amor e gratidão. Por isso, ele não nos deixa sem orientação, mas nos instrui com sua palavra a fim de que conheçamos sua vontade e a pratiquemos para sua glória. Cabe a nós como membros do povo de Deus nos apegar a palavra do Senhor, pois ela é útil para nosso ensino, repreensão, correção e educação na justiça ( II Tm.3.16).

Davi qualifica essa instrução que vem do SENHOR como sendo uma instrução perfeita: “A lei do SENHOR é perfeita”. O que Davi quer dizer com isso? O adjetivo “perfeito” aqui traz a idéia de algo que é “inteiro”, “completo” ou “suficiente”. Portanto, Davi está nos ensinando que não precisamos de nada mais além das Escrituras para sermos instruídos por Deus quanto a sua salvação e a sua vontade para nossas vidas.

Meus irmãos, a instrução que Deus nos deixou na Bíblia sobre si mesmo e sua obra de redenção é perfeita, suficiente e completa e, portanto, não precisa de nenhum acréscimo, mudança ou subtração. Infelizmente nós vemos no meio do cristianismo igrejas que até usam a Bíblia para instruir seus membros e afirmam crer que a Bíblia é a palavra de Deus, mas na prática negam a suficiência das Escrituras. A igreja de Roma, por exemplo, coloca a tradição da igreja, as decisões dos concílios e a palavra do papa na mesma posição e até acima da autoridade da palavra de Deus. No meio dos pentecostais e carismáticos, acrescenta-se as novas revelações do Espírito por meio de sonhos, profecias, ou seja, Deus continua falando hoje fora da Bíblia. Há também as seitas que usam a Bíblia e falam de Jesus, mas de modo errado. Algumas distorcem alguns textos da Bíblia para se conformar a sua mensagem. Outras igualam a Bíblia aos escritos de seus principais líderes religiosos. Essas pessoas precisam saber que Deus leva a sério a sua palavra e há de punir aqueles que distorcem, diminuem ou acrescentam algo mais à sua perfeita palavra (ler Ap.22.18,19).
Quanto a nós, devemos nos contentar com a alegria na perfeita palavra de Deus que ele nos deixou. Não precisamos de algo mais! A Bíblia é suficiente para nos ensinar acerca do caminho da salvação e para nos instruir sobre a vontade do Senhor para nós. Devemos nos lembrar do que Paulo escreveu em Romanos 15.4: “Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança”. Por que dar ouvidos a novas profecias, se o que no passado foi escrito é suficiente e eficaz para nos dar consolo e esperança? Por que correr atrás de algo novo se a Bíblia continua viva e poderosa para salvar e restaurar nossas almas? (Sl. 19.7; Tg. 1.21).

Davi ainda afirma em nosso texto que a perfeita palavra de Deus produz em nós o benefício da restauração das nossas almas. A Palavra de Deus é poderosa e eficaz, pois o Espírito a usa para restaurar as nossas almas. O que isso significa? Significa que a palavra de Deus nos transforma de dentro para fora, ela muda a nossa vida. Deus usa a sua palavra para nos converter, para nos restaurar, para fazer do mais perdido pecador uma pessoa renovada e dedicada a ele.

A palavra de Deus não só converte pecadores, mas também reanima e fortalece crentes que estão fracos e desanimados. Davi pediu a Deus: “vivifica-me segundo a tua palavra”. Talvez você se sinta um crente fraco e desanimado. Você olha para o ano que passou e reconhece que não foi um crente tão dedicado! Talvez você deseje entrar nesse novo ano com um desejo maior de se entregar a Deus, de mudar a sua vida, de deixar para trás os maus hábitos e pecados que te incomodam! E você pergunta: O que fazer? Há um só caminho: volte-se para Deus e sua palavra! Apegue-se às Escrituras! Leia mais a Bíblia! Deixe ser dominado por essa palavra! Aplique os princípios da palavra de Deus em todas as áreas da sua vida (casamento, trabalho, lazer, etc.). Se você tem fome e sede da palavra, Deus há de nutri-lo, restaura-lo e fortalecer a sua fé! Como você vai ser forte para vencer as tentações? Usando a espada do Espírito que é a palavra de Deus, assim como Jesus que venceu as tentações de Satanás usando as Escrituras. Como você vai superar as aflições do tempo presente? Consolando-se nas promessas das Escrituras! Davi confessou: “O que me consola é isto, que a tua palavra me vivifica”! (Sl. 119.50). A Bíblia é para você que deseja mudar de vida e ser restaurado para servir a Deus.

CONCLUSÃO

Meus irmãos! Qual tem sido a sua atitude em relação à palavra de Deus? Ela é perfeita e suficiente pra você? Ou você corre em busca de algo mais? Sua vida tem sido restaurada e transformada pelo poder da palavra de Deus? Você se deleita na leitura e meditação da Bíblia a cada dia?

A cada ano que passa milhões de cópias da Bíblia são impressas, vendidas e distribuídas para as pessoas em toda a terra. Na verdade a Bíblia é o livro mais vendido do mundo. Em quase todas as casas existe pelo menos uma Bíblia. Porém, ao mesmo tempo, é triste afirmar que são poucas as pessoas que conhecem, crêem e amam as verdades da palavra de Deus. Há um desprezo muito grande pelas Escrituras nos dias de hoje. Há pessoas que negam e distorcem as verdades da Bíblia. Há outras que conhecem superficialmente as histórias bíblicas, mas não foram ainda transformadas pela palavra de Deus.

Infelizmente há até mesmo cristãos que possuem uma Bíblia, crêem em Jesus, vêm à igreja, mas não têm o mesmo prazer do salmista de ler e meditar dia e noite na palavra de Deus (Sl. 1.2). Às vezes, lêem a Bíblia somente quando estão na igreja e não se deleitam em meditar nessa palavra em casa individualmente ou em reunião com seus familiares e amigos.

Meus irmãos! Devemos ter cuidado com isso! Pode ser que estamos tão ocupados com nossos afazeres e em ganhar a vida ou desperdiçando tempo com TV ou outras coisas vãs que nos esquecemos de ler e estudar a Bíblia. É bom lembrarmos do que Cristo falou: “Não só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus” (Mt. 4.4). Nós precisamos ter fome e sede da palavra de Deus! Nós carecemos de ler, estudar, ouvir e meditar nas Escrituras continuamente. Pois é por meio da Escrituras, que o Senhor restaura a nossa alma e nos dá sabedoria, é pela palavra que o Senhor nos faz conhecer sua vontade, é pelo ensino da Bíblia que Deus fortalece a nossa fé e nos dá sabedoria para viver para a sua glória a cada dia, a cada ano e em tudo que fazemos!

Além disso, devemos nos deleitar na palavra de Deus porque essa palavra nos torna sábios para a salvação pela fé em Cristo Jesus. A Bíblia nos anuncia Cristo, sua salvação e seus mandamentos. Ele mesmo disse: “Examinais as Escrituras, porque elas testificam de mim” (Jo. 5.39). A Bíblia revela Jesus como o pão vivo que desceu do céu e nos alimenta para a vida eterna! A Bíblia anuncia Jesus como o Servo Sofredor que se humilhou e morreu na cruz em nosso lugar para nos dá perdão e acesso ao Pai! A Bíblia anuncia Jesus como o Bom Pastor que cuida de nós e está conosco a cada dia e a cada ano! A Bíblia anuncia Jesus como um Salvador manso e humilde em quem podemos encontrar descanso para nossas almas! A Bíblia anuncia Jesus como O Sumo Sacerdote que intercede por nós à direita de Deus Pai. A Bíblia anuncia Jesus como O Rei Glorioso e Vencedor que tem o controle da história em suas mãos e que virá em glória para buscar sua noiva amada que é a igreja! Que Cristo seja o centro das nossas vidas em 2010! Que a sua palavra domine a nossa vida e seja a lâmpada para os nossos pés e a luz para os nossos caminhos em tudo que desejamos realizar e conquistar em 2010! Pois somente com Cristo e sua palavra em nossa vida e coração, teremos um ano novo feliz e abençoado! Amém.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>